Guia de TI da área de saúde para garantir a continuidade das operações quando a sobrevivência do paciente está em risco

Faça o download grátis do material aqui! Clique abaixo

O tempo de inatividade está custando às instituições de saúde 740 mil dólares em média por incidente e colocando os pacientes em risco.

Seja nos hospitais, clínicas, laboratórios ou consultórios médicos, hoje, o tomador de decisões de TI da área da saúde tem um trabalho difícil. Em primeiro lugar, ele precisa supervisionar a proteção de dados e os sistemas essenciais para o atendimento ao paciente, o que o torna um elemento indispensável para cumprir o compromisso da instituição de salvar vidas.

Mas, para conseguir isso, ele precisa garantir que os dados e sistemas clínicos estejam sempre disponíveis para todos que precisem deles, assegurando que haja um plano viável de recuperação de desastres em vigor.

Salve vidas (e o dia) com Arcserve UDP, a solução do líder comprovado em proteção de dados do setor da saúde.